Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

19 de Maio, 2020

"Homem dos sete ofícios", origem e significado

As Sete Artes Liberais

Ainda hoje é costume dizer-se que quem é muito bom em diversas coisas é um homem dos sete ofícios. Naturalmente que a mesma expressão também pode ser aplicada ao sexo feminino, referindo-se então a uma mulher dos sete ofícios, mas se o significado por detrás desta ideia é bem claro, qual é a sua origem?

 

Muito possivelmente, a expressão "homem dos sete ofícios" tem a sua origem nos primeiros séculos da nossa era, quando autores como Varrão e Marciano Capela instituíram a famosa ideia das sete artes liberais - i.e. o trivium (Gramática, Lógica e Retórica), seguido pelo quadrivium (Aritmética, Astronomia, Geometria e Música) - como uma espécie de sintetização de todas as grandes áreas do saber que então existiam. Quem as dominasse a todas poderia considerar-se como alguém verdadeiramente sábio; e é, naturalmente, esse o significado da expressão nos nossos dias, sendo ela normalmente usada para com uma pessoa que percebe de muitas coisas diferentes, por oposição tácita a alguém que se foca somente numa única área do saber.

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, no Facebook (novo), ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!


19 de Maio, 2020

O que está escrito nas paredes das Pirâmides do Egipto?

Texto numa pirâmide

Na imagem acima pode ser visto um fragmento da parede de uma Pirâmide do Egipto. Na parte inferior está um bela representação do submundo, com dois deuses a serem transportados na barca em que era feita essa derradeira viagem, segundo os mitos do Egipto. E claro que é uma representação bastante bonita, mas os mais interessados poderão igualmente aperceber-se de que existe aí bastante texto sob a forma de hieróglifos - e, como nós, poderão até ter a curiosidade de se perguntar o que aí está escrito, que palavras acompanham estes desenhos...

 

Como exemplo, decidimos explorar as Pirâmides de Saqqara (ou "Sacara") através de uma obra que nos foi oferecida recentemente, The Pyramid Texts, de Samuel A. B. Mercer. Através dos seus vários volumes, o autor não só traduz estes textos como tece vários comentários e possíveis interpretações dos mesmos. E então, o que dizem esses textos, neste exemplo em particular?

 

Bem... muitas, muitas coisas. De um modo muito geral podem ser resumidos como textos de carácter religioso, mas existem neles sequências mitológicas (que, infelizmente, nunca nos parecem contar nenhuma história de forma completa e contínua...), breves rituais, poemas, referências históricas, elementos cosmológicos, entre outras coisas. Nesse contexto, as imagens como aquela partilhada acima parecem representar uma sequência igualmente presente no texto. Não temos forma de averiguar se isso acontece sempre, mas pelo menos conseguimos ver que acontece em alguns exemplos particulares. Acima, por exemplo, faria todo o sentido que o texto relate parte de uma viagem celestial, em que dois deuses - possivelmente Rá (veja-se o sol e a serpente) e Quenúbis (ou Quenum, com cabeça de carneiro) - tinham um papel principal.

 

De um modo geral, faz sentido que textos como estes estivessem gravados nas pirâmides. Tratando-se de enormes túmulos, a representação de - por exemplo - viagens no submundo, ou das muitas belezas que existiam após esta vida, apresenta-se como contextualmente digna, tal como nos nossos dias são por vezes colocados versos da Bíblia, ou crucifixos, nos túmulos dos falecidos. Quem quiser saber mais pode sempre consultar os diversos livros, ou projectos online, que hoje existem relativos a este tema...

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, no Facebook (novo), ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!