Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

23 de Julho, 2021

A lenda de Yoichi

É provável que a lenda de Yoichi se conte entre as mais famosas do Japão, quanto mais não seja pelo facto de esta figura, através do seu arco, ser aludida em diversos jogos de inspiração nipónica disponíveis no ocidente. Na verdade, ele até é um dos opositores no Google Doodle de hoje, juntamente com um Tanuki, um Tengu, dois Oni, Otohime, Fukuro e os Kijimuna, numa aventura em que também aparecem os famosos Kappa, entre várias outras criaturas do país do sol nascente. Mas então, quem foi o herói a que dedicamos as breves linhas de hoje?

A lenda de Yoichi

Naso no Yoichi era um arqueiro exímio, mas a grande obra Heike Monogatari apresenta-o como uma figura muito humilde e pia, capaz de feitos verdadeiramente impressionantes mas sem que esse poder lhe suba à cabeça. Assim, a mais famosa de todas as suas façanhas passou por derrubar, com uma das suas flechas, um pequeno leque que estava no topo do mastro de um navio, a extensas centenas de metros. Isto até pode soar "fácil", mas as diversas versões da história adicionam-lhe alguns elementos - numa delas o herói fê-lo porque o inimigo o desafiou a tal, procurando testar as suas capacidades, enquanto que noutra teve de o fazer porque esse leque era parte de um subterfúgio, um chamariz, já que abaixo desse mastro estava uma mulher linda a dançar e quando alguém tentava olhar para ela, com evidente curiosidade, os adversários usavam essa oportunidade para o atingir com flechas.

 

Se o mesmo herói também teve outros feitos na mesma guerra do século XII, são secundários face a este episódio em específico. Mas o que lhe aconteceu depois? Segundo aquela que parece ser a versão mais comum da sua lenda, mais tarde ele acabou por se tornar monge e viveu no templo de Sokujo-in Temple, em Kyoto, até ao dia da sua morte. Um túmulo de Yoichi pode ser visto no local, pelo que se um dia estiverem nessa cidade e não tiverem certeza do que visitar, podem sempre ir ao local e recordar esta pequena história...

Gostas de mitos, lendas, livros pouco conhecidos e curiosidades? Podes receber as nossas publicações futuras por e-mail!