Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

A origem do nome de Benfica, e o seu animal - o pavão?!

30.04.20

Brasão de (um) Benfica

Quando pensamos no nome de Benfica, a termos de lhe associar um animal seria quase certamente a águia, por causa do clube de futebol. Porém, face à recente fuga de um pavão nessa zona lisboeta, lembrámo-nos de algumas breves histórias que podemos deixar por aqui.

 

Quem olhar para o brasão de Benfica (a freguesia lisboeta) encontrará lá uma coroa mariana e duas árvores de Monsanto. Porém, na mesma cidade, uma outra freguesia contígua - a de São Domingos de Benfica - tem um brasão significativamente mais interessante, que pode ser visto acima, em que estão representados dois pavões, uma laranjeira e uma flor-de-lis estilizada. Os dois primeiros elementos remetem-nos, naturalmente, para o Jardim Zoológico (movido para a Quinta das Laranjeiras em 1905, a freguesia data de 1959), talvez até num duplo sentido heráldico do orgulho por essas árvores, hoje já raras no local. Assim, a termos de associar um animal a esta freguesia, seria o pavão.

 

Já o nome de Benfica (o clube) vem da própria freguesia em que está localizado o seu estádio - São Domingos de Benfica. Por sua vez, o nome de freguesia vem do facto de ter sido fundado um Convento de São Domingos no local (já lá voltaremos), que naturalmente teria "de Benfica" pela sua localização, para o distinguir de outros que possam ter existido associados ao mesmo santo. E, nesse contexto, de onde vem então o nome de Benfica?

No passado lemos várias lendas destinadas a explicar este nome, mas têm um elemento comum - numa visita que D. João I fez ao local (onde viria a mandar construir o convento já mencionado acima), teve lugar algum evento que o fez dizer duas palavras, "Bem fica", que pela passagem dos séculos acabaram comprimidas em "Benfica". E que evento foi esse?

Numa versão, o rei diz que num dado local "bem fica[ria]" a construção de um convento proposto por João das Regras (e em que este até viria a ser sepultado). Numa outra, a uma mulher cujo amado foi executado por um crime, o rei disse que ela "bem fica" sem ele. Para quem quiser uma terceira, bastará inventar algum evento em que o rei seja posto a dizer essas palavras.

Já outros dizem apenas que o nome actual vem de um (possível) nome árabe, o que nos parece improvável, já que nada de significativo parecia existir no local aquando da construção do convento (e assim sendo, porquê dar-lhe um nome?). Qual destas versões é a verdadeira história por detrás do nome já é algo que nos escapa por completo.

 

Como é que a águia foi parar ao emblema do Benfica, em vez de um pavão, é uma história que ficará para um outro dia...

~~~~~~~
Gostas destes temas? Recebe-os no teu e-mail, de uma forma simples e totalmente gratuita:

Mais para ler