Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

15 de Julho, 2020

As Musas da Mitologia Grega (e o seu número)

Se o nome de musa é hoje associado quase exclusivamente a uma figura inspiradora das artes, a designação de Μοῦσαι vem das musas da Mitologia Grega. No seu geral, referia-se a um conjunto de irmãs divinas que eram uma espécie de padroeiras das artes, cada uma com um seu domínio individual. Mas quantas eram elas, qual era o seu número?

As Nove Musas

Por esta altura há sempre uma espertalhão que gostaria de poder gritar "nove, NOVE!", mas essa ideia vem essencialmente de Homero e de Hesíodo, que pelo facto de se tratarem daqueles dois poetas mais eminentes acabaram por ter um enorme impacto nos autores que se lhes foram seguindo. Porém, existiam também duas outras grandes opiniões, com alguns autores a dizerem que elas eram apenas três, enquanto que outros afirmavam que o seu número era sete. Tenha-se em atenção que em qualquer um dos casos tratam-se de números puramente simbólicos, sendo muito provável que a sua quantidade tenha nascido antes dos seus nomes e identidades individuais.

 

Deixando de parte essa ressalva, dada a fama dos dois grandes poetas épicos gregos o número das musas, como já foi dado a entender acima, tende normalmente a ser considerado como nove, com as seguintes identidades, que ao longo dos séculos se foram tornando mais ou menos estáveis:

  • Calíope tinha o controlo da Poesia Épica.
  • Clio, a da História.
  • Erato era associada à Poesia Lírica.
  • Euterpe era a patrona da Música.
  • Melpomene estava ligada à Tragédia.
  • Polímnia era a figura associada aos Hinos (i.e. a música para os deuses).
  • Tália, a que estava por detrás da Comédia.
  • Terpsícore associava-se à Dança.
  • Urânia, finalmente, era a regente da Astronomia.

 

Agora, certamente que seria muitíssimo interessante deixar aqui alguns mitos associados a cada uma dessas figuras, mas raramente os há. Na verdade, salvo uma ou outra excepção menor (por exemplo, segundo uma versão do mito foram elas que julgaram um concurso musical entre Apolo e Marsias), as referências a elas provêm normalmente ou de evocações (e.g. "Canta, ó Musa, a cólera de Aquiles..."), ou de referências genealógicas (e.g. Orfeu era tão bom na sua arte que só podia ser filho de Calíope). Nesse sentido, podemos dizer que as Musas da Mitologia Grega, mais do que figuras meramente mitológicas - em número de 3, 7 ou 9 - são, talvez mais que tudo, figuras simbólicas, como o Caos ou aqueles famosos 10000 deuses dos Romanos.

~~~~~~~
Receber as nossas novidades por e-mail: