Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

20 de Novembro, 2020

O mito de Salmoneu

O mito de Salmoneu é, entre os Gregos, o de uma figura que até poderá parecer relativamente simples, mas nem por isso menos digna de nota, face aos estranhos actos que perpetrou na sua vida.

Os cavalos de Salmoneu?

Conta-se então que Salmoneu foi irmão de Sísifo e rei da Élida, uma região da Grécia. Inicialmente muito amado pelos seus súbditos, acabou por, numa espécie de estranha loucura, passar a considerar-se como a face terrena de Zeus. Pensou, por razões que não são fáceis de compreender, que até era o próprio deus do Olimpo, e começou então a pedir que o venerassem como tal.

Se esta ideia ainda não parecer suficientemente estranha, Salmoneu decidiu então que seria ainda mais venerado pela população se conseguisse imitar parte dos poderes de Zeus. Assim, recorrendo a um subterfúgio, começou a imitar o som da trovada de forma um tanto ou quanto estranha - pegando na sua quadriga, ligou-lhe todo um conjunto de objectos para que esta, ao produzir o seu movimento natural, o fizesse sempre acompanhada com o som que desejava. Isso convenceu, na verdade, algumas pessoas de que ele era verdadeiramente o deus Zeus vindo à terra. Mas esse monarca dos deuses, como não podia permitir uma situação tão absurda e insultuosa para o seu carácter, depressa resolveu todo o caso - atirando um dos seus (verdadeiros) raios ao rei, fulminou-o, fazendo-o abandonar o mundo dos vivos!

 

O sentido de todo o mito é muito simples, e como em diversos casos que cá foram falados ao longo dos anos a sua lição é simples - o ser humano não deverá tentar desafiar os deuses, porque estes lhe são superiores em tudo. Quem o faz - ou, para se ser mais preciso, quem o tenta fazer - acaba sempre punido, como aconteceu com a figura principal deste mito de Salmoneu.

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!



2 comentários

Comentar post