Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

08 de Outubro, 2020

O "Picatrix" e a ciência dos talismãs

Se o Picatrix é muito mencionado no contexto da magia da Idade Média, há que esclarecer que ele não é um livro de magia. Não contém feitiços (ou algo que se assemelhe a isso), mas é, talvez mais que tudo, um livro sobre talismãs, um pouco à semelhança da Chave de Salomão. E à primeira vista isso até poderá parecer simples - hoje, tendemos a ver esses acessórios mágicos como meras peças de bijuteria com um determinado símbolo gravado - mas, na verdade, parece existir toda uma ciência por detrás da sua construção.

Uma página do Picatrix

Não basta - como parecem indicar uns determinados anúncios que passam na CMTV - pegar numa pulseira, adicionar-lhe um trevo para boa sorte, um elefante para ter prosperidade, um coração para obter amor eterno, ou mesmo uma "mão de Fátima" para afastar o mau olhado. Em vez disso, segundo este Picatrix, é necessário que ele seja construído com base numa ciência muito específica, que implica o estudo de conceitos complexos de Astrologia e o uso de símbolos misteriosos (como os que são mostrados no canto superior direito da imagem acima). Interrogamo-nos se a Maya, a Maria Helena e as outras tantas astrólogas da televisão também dominam estes temas, ou se algum telespectador já as contactou para pedir, por exemplo, um talismã que afaste as baratas lá de casa (que, frise-se, é mesmo um dos talismãs que este livro ensina a construir)...

 

Deixando as brincadeiras de lado, este Picatrix é certamente um livro interessante para quem acredite nestas coisas e queira aprender a fazer, de forma devida, os seus próprios talismãs. Se um qualquer leitor estiver nessa posição tão invulgar, é provável que este livro até lhe interesse. Porém, para todos os outros, ele tem um grande problema - é uma obra enfadonha, que mistura constantemente ideias e conceitos de Filosofia, Astrologia, Misticismo, e uma pequenina migalha de Magia (mas, infelizmente, não contém nada de mitos ou lendas). Mesmo que se pretenda lê-la a simples título de curiosidade, é muito provável que o leitor acabe por encontrar nela nada mais do que isso, uma obra aborrecida com um tema que, agora, provavelmente apenas interessa a muito poucos.

 

Resta uma pergunta - será que os talismãs funcionam? Será que a ciência por detrás da sua construção é algo de real? Quem for ler este livro depressa descobrirá que todo o conceito dos talismãs assenta, imperativamente, na ideia da Astrologia e de que os astros celestes têm um impacto significativo nas nossas vidas. Ainda hoje há pessoas que acreditam nisso, e outras a quem toda essa ideia parece nada mais que um enorme absurdo. Por isso, se estiverem no primeiro grupo, é provável que também acreditem que os talismãs funcionam mesmo e nos podem trazer os maiores benefícios ás nossas vidas; caso contrário, se não acreditam em nada dessas coisas, esta será uma ciência tão verdadeira e útil como a da Astrologia, e o Picatrix terá sido aqui mencionado como uma mera curiosidade, e nada mais, de um tempo que já passou há muito...

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!