Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

Origem e significado de "lei de talião"

A lei de talião é a proverbial lex talionis, o princípio da retribuição, "olho por olho, dente por dente", e outras tantas coisas. Já aparecia no Código de Hamurabi, com pouco mais de 3700 anos, sendo, por isso, uma ideia muitíssimo antiga, que claramente precede as próprias expressões que lhe associamos e até possivelmente os primeiros documentos históricos. Procurar a sua verdadeira origem seria uma tarefa dificílima, cheia de muitas teorias e poucas provas reais, mas existe uma outra parte da questão que merece ser explorada - afinal de contas, o que é um talião?

A balança, símbolo da Justiça

Normalmente isto seria uma questão simples, bastaria abrir um qualquer dicionário e ver o significado da palavra. Mas quem o for fazer no dicionário da Priberam, por exemplo, depressa se deparará com o mesmo problema que pretendemos focar hoje:

Usado na locução pena de talião, castigo que consiste em fazer sofrer ao delinquente o que ele fez sofrer à vítima.

Ou seja, segundo esta definição, o uso da palavra "talião" remete-nos, única e exclusivamente, para a sua utilização na mesmíssima expressão que nos intriga, mas sem que nunca se explique o significado dessa palavra específica. O mesmo problema repete-se nas outras fontes que fomos consultar, sem que nunca seja explicado, especificamente, o que aquela palavra individual significa.

 

Cansados de correr em círculos, decidimos tentar uma hipótese diferente. A expressão lex talionis é evidentemente latina. "Lex", lei no nominativo + "talionis", talião no genitivo, com o significado total de "lei de talião". A segunda palavra, no seu nominativo, i.e. o talião, seria talio, mas o que significa isso? O dicionário de Latim que consultámos já nos diz que essa palavra hoje significa retaliação, uma palavra que tem as suas raízes evidentes no vocábulo latino.

 

Por isso, a lex talionis é, pura e simplesmente, a lei da retribuição, de que ao acto X se deve seguir um castigo semelhante. O que é interessante, porém, é que essas duas expressões evoluíram de forma independente, de tal modo que ao longo dos séculos a palavra foi perdendo todo e qualquer significado independente, perdurando hoje na nossa cultura somente como uma estranha recordação de tempos idos.

~~~~~~~
Se gostam destes temas podem ir recebendo as nossas novidades, de forma rápida e gratuita, introduzindo o vosso e-mail abaixo e confirmando a subscrição: