Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

18 de Março, 2020

"Roma e Pavia não se fizeram num dia", origem e significado

Esta expressão toma diversas formas, mas a mais famosa de todas elas é provavelmente Roma e Pavia não se fizeram num dia. Mas, afinal de contas, de onde vem ela, e qual o seu significado?

A cidade de Roma

A versão mais antiga que conseguimos encontrar provém de uma obra francesa do século XII chamada Li Proverbe au Vilain, em que pequenos poemas são seguidos por uma expressão popular. Entre elas conta-se a seguinte sequência:

Mainz hon est si hastis,
Quant rien a entrepris,
Tantost veut a chief traire;
Le suen despent et gaste
Et si pert par sa haste
Le plus de son afaire.
Rome ne fu pas fait toute en un jour,
ce dit li vilains.

 

Traduzir o poema em si não é tarefa fácil, mas o que nos importa são as duas últimas linhas, em que é dito que "Roma não foi feita toda num dia, isso diz o camponês". Por aí se compreende que esta era uma expressão popular, usada entre as populações da época, de onde foi chegando aos nossos dias.

 

No entanto, há um elemento que falta nesta expressão - de onde vem a referência a Pavia, uma pequena cidade do norte de Itália? Não parece fazer muito sentido, excepto se tivermos em conta a necessidade de fazer toda a expressão rimar, o que torna mais fácil relembrá-la; assim, ela foi introduzida na versão portuguesa do provérbio original para dar uma rima à palavra "dia", não se pretendendo, naturalmente, equipará-la à grandeza da Cidade Eterna.

 

Independentemente da sua forma, a expressão que entre nós ficou conhecida como Roma e Pavia não se fizeram num dia tem um só e o mesmo significado - as coisas grandiosas não são fáceis nem rápidas de fazer, requerem tempo e esforço.

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!



2 comentários

Comentar post