Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mitologia em Português

10 de Janeiro, 2021

Quem foi o Abade de Priscos?

Quem for à cidade de Braga, no norte de Portugal, poderá provar um doce típico local chamado Pudim Abade de Priscos. Se ele já não é assim tão fácil de encontrar como em outros tempos - fizemos a experiência há alguns anos, não tendo sido capazes de o provar em nenhum restaurante ou pastelaria da cidade - poderá levantar a questão do porquê do famoso doce ter este estranho nome. Pergunte-se, portanto - quem foi o Abade de Priscos que emprestou o seu nome a esta sobremesa?

Um Pudim Abade de Priscos

Bem, comece-se por dizer que Priscos é uma pequena freguesia a escassos quilómetros da cidade de Braga. Naturalmente que existiram, no passado, diversos abades nessa aldeia, mas apenas um deles ficou muito conhecido pelas suas criações gastronómicas. Nascido Manuel Joaquim Machado Rebelo em 1834, este abade de Priscos tinha por hábito presentear os seus paroquianos com as mais diversas comidas e doces, tendo até cozinhado para reis. Mas, apesar da sua grande fama nas artes da cozinha, ele parece ter pensado que elas eram demasiado secundárias face ao seu papel sacerdotal, e então não deixou a maior parte das suas receitas por escrito. Toda esta história teria terminado aqui, não fosse o facto de ele ter ensinado pelo menos uma delas numa escola local, aquela que acabaria por lhe ficar associada pelo nome até aos dias de hoje.

 

A receita não é secreta, ainda hoje; na verdade, o abade não parece ter pretendido ocultar os seus muitos sabores, apenas não os considerava assim tão importantes que merecessem ser deixados por escrito. E, nesse seguimento, hoje basta fazer uma pequena pesquisa pelo Pudim Abade de Priscos na internet e depressa se encontram as mais diversas formas de o cozinhar. Contudo, é provável que tenha sido a fama do próprio Manuel Joaquim Machado Rebelo que popularizou a sua receita original, confundindo o doce com a sua própria identidade religiosa, e dando a este doce o incomum nome que ainda tem nos nossos dias de hoje.

Gostas de mitos, lendas, literatura, e muitas curiosidades?
Recebe as nossas publicações futuras por e-mail - é fácil, gratuito, e poderás aprender muitas coisas novas!

2 comentários

Comentar publicação