Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

Esta história de Santa Maria e o homem que queria ver o Céu, ao ser contada, deve sê-lo expondo igualmente um problema significativo. Ela provém das Cantigas de Santa Maria, do século XIII da nossa era (e de que já cá apresentámos uma pequena tradução de uma das cantigas), mas existe, com contornos muito semelhantes, por toda a Europa. Mudam frequentemente as personagens principais (que até pode ser outro santo ou um falecido amigo deste homem, entre outras figuras), mas parece ser sempre retido o cerne da história e pelo menos parte do seu desfecho. Assim sendo, parafraseie-se brevemente a históra, antes de mais comentários:

Santa Maria e um homem que queria ver o Céu

Havia um homem que era muito devoto a Santa Maria. Rezava-lhe horas e horas a fio. Um dia a santa apareceu-lhe e, face à devoção que este tinha demonstrado, decidiu conceder-lhe um pedido. O homem não teve muito que pensar - pediu à mãe de Cristo que o deixasse ver como era o Céu. E esta assim o fez - levou-o ao Céu, onde ele pôde ver belíssimas árvores de fruto, pássaros com um cantar de beleza indescritível, e outras coisas miraculosas. Então, por um breve momento, o homem distraiu-se a ouvir o canto de um qualquer pássaro... e quando foi trazido de volta ao mundo do vivos, tinham passado centenas de anos!

 

Se a memória não nos engana, esta é a versão da história tal como ela aparece nas Cantigas de Santa Maria. Outras versões, como referido acima, alteram as circunstâncias que levaram este homem ao Reino dos Céus, mas por vezes adicionam um elemento delicioso - quando este homem volta ao local de onde partiu, regressa também a sua casa e vê que tudo está diferente, ao ponto de agora morar um completo desconhecido lá. Quanto mais inquire sobre o local, mais se apercebe da passagem do tempo - a pequena vila é agora uma cidade, o pároco local foi substituído por um bispo, etc. - e, após falar com muita gente, são verificados os registos religiosos e descobre-se que esse homem tinha desaparecido há mais de 200 anos!

 

Interessante, não é? Mas, afinal de contas, qual é o objectivo de toda esta história? É provável que, originalmente, esta tenha sido uma história cujo objectivo principal era o de explicar aos mais simples como funcionava a passagem do tempo no Céu, e.g. o canto dos pássaros no Céu é tão belo que as pessoas podem passar décadas a escutá-lo sem se aperceberem. Não temos a certeza se a ideia nasceu com as cantigas associadas a Afonso X de Castela, ou se toda esta trama de Santa Maria e o homem que queria ver o Céu até já as antecede, talvez até por via oral, mas ainda hoje existem versões dela em Portugal e Itália. Sabemos, contudo, é que o cerne da história - a ideia da subida aos céus, e o seu retorno passado centenas de anos - terá pelo menos 700 anos, o que atesta bem a sua popularidade até aos nossos dias.

Gostas de mitos, lendas, livros pouco conhecidos e curiosidades? Podes receber as nossas publicações futuras por e-mail!