Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

Afinal, São Valentim é santo padroeiro... do quê? Claro que o conhecemos do dia 14 de Fevereiro, vulgo "dia dos namorados", mas como surgiu a associação deste santo, em particular, ao amor? Pense-se no que é dito na imagem abaixo:

São Valentim

Esta pequena brincadeira, que nos remete de volta para o dia de São Valentim da semana passada, deve lembrar-nos de uma forma, muitas vezes até irónica, como as religiões evoluem. Isidoro de Sevilha, um exemplo avassalador, é considerado o santo padroeiro dos estudantes (o que é aceitável e fácil de justificar), mas também da internet, numa altura em que nem sequer se imaginaria o que isso viria a ser. Como é então feita a associação de antigos santos a novas coisas? Por exemplo, pensando no nome de Santo Ovídio, somos automaticamente levados ao poeta latino (a que um dia foi chamado São Naso), mas como se decidiu que era ele padroeiro, ou uma figura completamente associável, ás doenças e maleitas dos ouvidos? Originalmente não sabíamos, posteriormente até viemos a descobrir, mas há que admitir que todo o processo de associação gera, em muitos casos, ligações tão estranhas como a apresentada acima.

Gostas de mitos, lendas, livros pouco conhecidos e curiosidades? Podes receber as nossas publicações futuras por e-mail!