Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

11 de Julho, 2021

Sobre a série "Cestvs: The Roman Fighter"

Ouvimos recentemente falar de uma série anime japonesa, Cestvs: The Roman Fighter, sobre um jovem escravo que combate nas arenas de Roma Antiga. O herói não é propriamente um gladiador, apesar da versão original lhe aplicar esse nome algumas vezes, mas uma espécie de lutador de boxe de outros tempos, que ao longo de 11 episódios vai combatendo contra opositores fortes e aprendendo novas técnicas de combate. Mas a grande questão é, será que vale a pena perderem tempo com a série?

Sobre a série "Cestvs: The Roman Fighter"

A resposta parece ser um claríssimo "não". Não só a série está repleta de anacronismos, como também apresenta a sua história de uma forma muito pouco interessante para quem - como é o nosso caso - não conhecer a versão manga em que ela se baseia. Existem, aqui e ali, alguns momentos mais curiosos, de um ponto de vista da Antiguidade - por exemplo, o herói cruza-se com figuras como Nero e Agripina - e o narrador até explica bastante bem os efeitos físicos de alguns golpes mais violentos (estranhamente, nunca é visto nenhum "don't try this at home"...), mas a série dá constantemente a ideia de que foi apenas criada para os fãs da versão escrita de Cestvs: The Roman Fighter. Isso é particularmente visível num dos seus momentos mais intrigantes, em que é apresentado um misterioso "Demócrito de Cádiz" (não é uma figura histórica, para quem também estiver com essa curiosidade), que supostamente andava pelo mundo fora a treinar novos lutadores, mas a personagem é introduzida por um breve momento e depois rapidamente remetida ao esquecimento. Será que tem um papel maior na versão manga e os autores da série o introduziram aqui para publicitar essa versão escrita? É muito provável que sim, até porque os 11 episódios estão repletos de momentos como este, que um espectador não consegue entender bem excepto se já for fã das aventuras de Cestvs. Pior, só mesmo o facto do último episódio apresentar muitas personagens intrigantes que supostamente iam participar num grande torneio que nunca chegamos a ver...

 

Se parecem existir muitas outras séries japonesas passadas nos tempos da Roma Antiga - recorde-se até o jocoso caso de Thermae Romae, de que cá falámos há já algum tempo - esta de nome Cestvs: The Roman Fighter, em específico, não tem muito interesse para um potencial espectador com interesse na Antiguidade. Saímos muito desiludidos dos 11 episódios, sem qualquer dúvida!

Gostas de mitos, lendas, literatura ou curiosidades?
Recebe as nossas publicações futuras por e-mail - é gratuito e poderás aprender muitas coisas novas!