Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

01 de Junho, 2021

Todas as lendas de Portugal

Contar todas as lendas de Portugal poderia parecer-nos uma tarefa bastante difícil, até porque é certo e sabido que novas histórias dessa natureza estão constantemente a ser criadas, até mesmo ainda nos nossos dias de hoje, como a agora-famosa história de Teresa Fidalgo nos prova. Porém, face a um tal desafio, Teófilo Braga, no segundo volume da sua obra O Povo Portuguez nos seus Costumes, Crenças e Tradições, datada de finais do século XIX, elenca de uma forma muito directa aquelas que ele considerava serem todas as maiores e mais significativas lendas de Portugal. São cerca de cinquenta, como poderá ser visto abaixo. Infelizmente, ele nunca as reconta a todas de uma forma completa*, sendo difícil estabelecer com que contornos mais precisos conhecia cada uma delas, mas a sequência pareceu-nos tão importante e interessante que não poderíamos deixar de as recordar a todas nestas linhas, com ligações directas para cada uma das lendas que já falámos por cá:

Todas as lendas de Portugal

  1. Ilhas Encantadas;
  2. Milagre de Ourique;
  3. Pajem Henrique;
  4. Praga de Dona Tareja [ou Teresa];
  5. Fidelidade de Egas Moniz;
  6. Fundação de Lisboa;
  7. Geraldo Sem Pavor;
  8. Gaia;
  9. Moura Saluquia;
  10. Traga-Mouros;
  11. Dama Pé de Cabra;
  12. Egas Moniz Trovador;
  13. O Bispo Negro;
  14. João Soares de Paiva;
  15. A Torre do Sapo;
  16. Tributo das Donzelas ou Guesto Ansures;
  17. Fuas Roupinho;
  18. Martim de Freitas;
  19. O Solar dos Marinhos;
  20. Castelo de Faria;
  21. Dona Branca;
  22. Rainha Santa;
  23. Maria Pais;
  24. Dona Inês de Castro;
  25. Confissão de Dom Pedro I (em referência a um juramento que o rei fez, em que dizia que casou com Inês de Castro em segredo. O documento ainda hoje pode ser visto na Torre do Tombo);
  26. O Castigo do Bispo;
  27. Rouçada de Benfica;
  28. Beato João de Montemor;
  29. Ala dos Namorados;
  30. Doze de Inglaterra;
  31. Preste João das Índias;
  32. Espada do Condestável;
  33. Pegas de Sintra;
  34. Beato Amadeu;
  35. Abóbada da Batalha;
  36. Estátua do Duque de Coimbra;
  37. Morte de Dona Guiomar Coutinho;
  38. Amores de Machim;
  39. Padeira de Aljubarrota;
  40. Estátua da Ilha do Corvo;
  41. Quinto Império (falado em associação com Bandarra e o Padre António Vieira);
  42. Amores de Bernardim Ribeiro;
  43. Anel de Bênção;
  44. Vinda de Dom Sebastião;
  45. Barbas de Dom João de Castro;
  46. Nau Catrineta;
  47. Obras de Santa Engrácia, ou "O Calado é o melhor" (recorde-se que nessa altura a construção da igreja ainda não tinha terminado, pelo que a tese da maldição lendária ainda fazia algum sentido, sendo essa parte significativa da lenda original quase esquecida mais tarde);
  48. Pedro Sem.

A Torre de Pedro Sem, motivo de uma das muitas lendas de Portugal

Já cá tínhamos falado de muitas destas lendas de Portugal, entre outras que hoje até são mais famosas (e.g. a do Galo de Barcelos), mas fomos adicionando as restantes ao longo do tempo. Procurar cada uma delas, tanto nas versões mais antigas como nas diversas formas que foram sendo alteradas ao longo dos séculos, foi, de facto, um desafio muito interessante. Para celebrar esse carácter nacional, também dedicámos o mês de Junho de 2021, altura dos Santos Populares e de Camões, exclusivamente a temas relacionados com o nosso país. Naturalmente que não foram só lendas, mas também alguns outros temas relacionados directamente com a cultura nacional... para o futuro tentaremos publicar mais e mais lendas nacionais, mas também continuaremos a escrever sobre outros temas de todo o mundo, bem como sobre livros menos comuns e muitas curiosidades, como já é habitual por cá - e, como sempre, esperamos que gostem!

 

 

*- Uma anotação na obra original, relativamente a esta referência a todas as lendas de Portugal, diz que "estas lendas são objecto de um volume que publicaremos em tempo, transcritas na sua redacção mais antiga, com estudos sobre a sua formação". Se essa outra obra, prometida pelo mesmo autor e que seria certamente fascinante, acabou efectivamente por ser publicada não a conseguimos encontrar. Ainda pensámos que se tratasse do livro Contos Tradicionais do Povo Português, mas este apenas inclui algumas delas, aparentemente as mais conhecidas. Por isso, se a obra mencionada pelo autor foi mesmo publicada e alguém souber de qual se trata, por favor deixe-nos um comentário ou envie-nos um e-mail a propósito do tema!

Gostas de mitos, lendas, literatura ou curiosidades?
Recebe as nossas publicações futuras por e-mail - é gratuito e poderás aprender muitas coisas novas!