Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

Mitologia em Português

24 de Julho, 2016

Porque os Papas mudam de nome quando são eleitos?

Porque os Papas mudam de nome quando são eleitos?

Há uns dias foi-nos feita esta pergunta, da razão pela qual os Papas mudam de nome quando são eleitos; recorde-se, por exemplo, que João Paulo II se chamava antes Karol Wojtyła, que Bento XVI já teve o nome de Joseph Ratzinger, e que aquele que ocupa agora o trono de S. Pedro tem o nome de Francisco, mas já se chamou Jorge Bergoglio. Mas porque têm estas alterações lugar, sabem? Afinal, porque mudam eles de nome quando são eleitos?

 

Então, o primeiro papa a mudar de nome foi João II, no distante ano de 533 d.C. Segundo nos conta a história ele chamava-se originalmente Mercúrio - como o deus latino - razão pela qual pensou tratar-se de um nome inapropriado para a posição que ia ocupar. Depois, esta alteração foi muito pouco usada até cerca do ano 1009, altura em que surgiu um tal Pietro Buccaporci (algo como "Pedro Boca-de-Porco"), que optou pelo nome de Sérgio IV.

Porque os Papas mudam de nome quando são eleitos? Talvez para evitar que um problema semelhante voltasse a alguma vez tomar lugar, os seus sucessores optaram todos por mudar de nome. De facto, se antes os papas até tinham optado por manter os seus nomes (por exemplo, o quarto papa de nome João tornou-se João IV, o segundo Pelágio tornou-se Pelágio II, o terceiro Félix foi Félix III, etc.), depois deste Sérgio IV os papas parecem ter alterado o seu nome, com, por exemplo, Teofiláto a tornar-se Bento IX, ou o hispânico Pedro Julião a tornar-se João XXI, tradição que se manteve até aos dias de hoje, talvez mais por hábito do que por necessidade.

~~~~~~~
Gostas de temas como este? Podes seguir-nos no Twitter, ou receber as nossas novidades no teu e-mail de uma forma simples, rápida e gratuita!