Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

Imaginem-se numa festa de aniversário, e que alguém sugere fazer-se um brinde ao aniversariante - erguem-se os copos dos presentes e... porque brindamos com Saúde? Poderia pensar-se que isso se deve a uma intenção de desejar saúde a quem está a ser homenageado, mas então... porquê essa palavra em concreto, em alternativa a alguma outra mais geral, como "felicidades"?

Porque brindamos com saúde?

A resposta por detrás do porquê de brindarmos com Saúde  não seria fácil de descortinar, não fosse um elemento muito singular de todo o processo - é-nos também ensinado que nunca se deve brincar com água. Quem for inquirir sobre o porquê dessa exclusão, depressa lhe será dito algo como "isso dá azar", uma explicação que é relativamente comum em circunstâncias nas quais já foi esquecida a razão pela qual um determinado ritual toma lugar. E qual é ela, afinal de contas?

 

Aparentemente, este ritual data de uma epidemia do século XIX, a da cólera. Nessa altura surgiu a ideia de que a água estava a contribuir para a disseminação da doença, e então os cidadãos em diversos países europeus foram aconselhados a beber algo que não essa bebida. Visto que a razão para o fazerem era a de assegurar a sua própria saúde, as pessoas começaram então a brindar sob a égide dessa palavra, como que dizendo, de uma forma muito tácita, que bebiam para seguir as recomendações médicas que lhes tinham sido passadas. No mesmo sentido, podemos também esclarecer que o facto de se brindar quase sempre com uma bebida alcoólica vem da mesma época, já que estas eram as bebidas que estavam mais acessíveis aos cidadãos de então.

 

Entretanto, essa epidemia lá foi passando, e a razão original pela qual brindamos com saúde foi sendo esquecida. Quem viu esse ritual a tomar lugar acabou por mantê-lo, talvez porque "não vá o Diabo tecê-las...", mas o seu significado original perdeu-se progressivamente, gerando uma situação como a que temos nos nossos dias de hoje, em que se vai mantendo essa mesma tradição, mas em que também já são poucos os que a compreendem devidamente. Por isso, da próxima vez que brindarem a alguém, fica o convite de que lhes contem esta origem de um ritual dos nossos dias!

Gostas de mitos, lendas, livros pouco conhecidos e curiosidades? Podes receber as nossas publicações futuras por e-mail!