Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mitologia em Português

19 de Novembro, 2021

O mito da Caça ao Javali de Cálidon

A Caça ao Javali de Cálidon é um de aqueles mitos gregos que se presume que em outros tempos tenha tido imensa popularidade - uma espécie de Vingadores da Marvel mas com heróis gregos - mas que infelizmente também se foi perdendo ao longo dos tempos. Hoje, conhecemos apenas alguns dos seus episódios mais emblemáticos, mas é quase certo que eles não captam a beleza e complexidade do original.

A Caça ao Javali de Cálidon

A imagem acima demonstra isto mesmo. Quem souber ler Grego Antigo poderá ver ali os nomes de muitas figuras envolvidas em todo o episódio - Melanion e Atalanta, Peleu e Meleagro, do lado esquerdo; o gigantesco Javali de Cálidon ao centro, acompanhado por um herói que este já matou (a legenda parece dizer Anteu, mas certamente não o filho de Gaia , e algumas versões referem que um tal Anceu foi morto por esta besta); entre muitas outras figuras heróicas da época, como Castor e Pólux.

 

Mas o que se passou em todo este mito grego pouco conhecido? Sabemos que os diversos heróis se juntaram para combater este poderoso Javali de Cálidon (também conhecido como Javali da Calidónia ou Javali Etólio), que alguns autores diziam ser filho da Porca de Cromion, e que ele foi enviado por uma deusa após o rei local lhe ter recusado um sacrifício. Presume-se que tenha sido um confronto bastante difícil, até pela necessidade de tantos intervenientes, mas sabemos que Atalanta foi a primeira a feri-lo, sendo o animal depois morto por Meleagro. Quando este último ofereceu os seus prémios à heroína pelo acto corajoso, outros heróis opuseram-se à oferta, levando a muitas confusões entre eles e fazendo com o oferecedor até matasse alguns. Porém, tendo ele conduzido à morte de alguns familiares da própria mãe, esta deitou um toro mágico ao fogo, que tinha em sua posse e que estava ligado misticamente à vida do próprio herói*, matando-o também a ele.

 

Num outro episódio da mesma aventura sabe-se que Peleu, pai de Aquiles, matou por acidente um herói que lhe tinha dado guarida... mas se até podíamos tentar adicionar, aqui e ali, mais detalhes sobre toda a aventura, o crucial a saber, em relação a toda esta caça ao Javali de Cálidon, é que foram muitos os heróis envolvidos nela e, aparentemente, todos eles tinham alguma espécie de papel no mito original. Já não sabemos quais seriam para todos eles, até porque as versões que nos chegaram apresentam algumas composições divergentes para o grupo de heróis que defrontaram a besta, mas parece correcto dizer-se que, na forma original do mito (que até já era conhecido de Homero!), todos eles tinham um papel. Presume-se que tenha sido mesmo um grande mito, nessa sua forma original, como aqui se tentou deixar claro, mas com a excepção de algumas referências tardias, em autores como Ovídio, já mesmo pouco se sabe sobre as aventuras originais, preservadas em pinturas de vasos como o acima...

 

 

*- Sobre este tema, da vida de um herói que está ligada a um qualquer elemento mágico, há que frisar que ele é bastante incomum nos mitos da Antiguidade, mas foi crescendo de importância ao longo dos séculos, e ressurge em diversos mitos e lendas da Idade Média, bem como em histórias populares mais tardias.

Gostas de mitos, lendas, literatura ou curiosidades?
Recebe as nossas publicações futuras por e-mail - é gratuito e poderás aprender muitas coisas novas!